Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
30 Nov
VESTIBULAR UERJ 2ª FASE - GABARITO COMENTADO 19:26
VESTIBULAR UERJ 2ª FASE - GABARITO COMENTADO
A prova da UERJ que normalmente é conhecida por quetões simples e complexas na mesma prova, mais uma vez foi composta por uma mescla disso. Questões de Botânica, ecologia, Genética Molecular, Fisiologia (Digestório - Amido) forma as questões mais simples. Outra precisaram de um pouco mais de trabalho do vestibulando, como Fisiologia (Leptina), genética, e Zoologia, principalmente a última questão que abordava a relação de gasto energético em diversos animais.

Confira as quetões de Biologia do vestibular UERJ 2015 comentadas: 



VEJA A RESPOSTA ABAIXO:










O carboidrato formador da parede celular dos vegetais é a CELULOSE, polímero formado por milhares de moléculas de GLICOSE.
Dentre as funções da parede celular vegetal podemos citar: 1. Provomer a sustentação da célula e 2. evitar a lise celular quando a célula é exposta a um meio hipotônico, forçando a osmose da água para seu interior.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:









O nível trófico que contém a maior quantidade de energia é o primeiro nível, formado pelos produtores, que no esquema é representado pela letra A. Os produtores captam diretamente a luz do sol, não havendo perda de energia, como ocorre nos outros níveis.
Os decompositores representados pela letra F, são os responsáveis pela ciclagem da matéria, pois degradam os restos dos seres vivos em moléculas menores, devolvendo-as ao ambiente.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:









A leptina é um hormônio produzido pelos adipócitos e quando é lançada na corrente sanguínea age diretamente sobre o hipotálamo, centro do controle da fome e saciedade do corpo humano.
A leptina é liberada minutos depois de uma refeição e tem como consequência a diminuição do apetite e o aumento da termogênese do tecido adiposo, efeitos que podem axuliar na perda de peso.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:









O heredograma mostra que essa sídrome genética é determinada por uma herança ligada ao sexo recessiva, ou seja, associada ao cromossomo X,  pois ocorre apenas em homens e a síndrome ocorre em intervalo de uma geração.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:









Como as bases nitrogenadas do DNA apresentam correspondência (C=G; T=A) pode-se afirmar que como há 16% de cistosina, há também 16% de guanina. As outras duas bases correspondem aos 68% restantes do total, ou seja, 34% de adenina e 34% de timina. 
Lembrando que essa correspondencia só pode ser feita com o DNA pois apresenta fita dupla. O RNA por apresentar fita simples não é utilizada essa comparação.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:










Os vegetais que apresentam gametófitos desenvolvidos e dominantes são as BRIÓFITAS e por isso o ambiente em que eles se desenvolvem são úmidos.
A meiose nas Briófitas e nas outras plantas terrestres sempre é espórica, ou seja, ocorre no esporófito (2n) para a produção dos esporos (n), representada no esquema pela letra B.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:










Ao se reproduzir sexuadamente, a espécie de caramujo pode produzir maior variabilidade de indivíduos, o que leva a maiores chances de surgimento de novas características resistentes ao parasitismo.
Por produzir muitos indivíduos rapidamente, a reprodução assexuada é vantajosa em condições sem parasitas, nas quais o número de indivíduos é mais importante do que a variabilidade.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:









A enzima que poderia ser utilizada nesse experimento é a Amilase salivar ou Ptialina. O tubo que não apresentará coloração azulada é o tubo 1, pois o amido seria digerido pela amilase nas condiÇões de temperatura 37C e pH neutro. Nos outros tubos o amido não seria digerido pois as condições de temperatura (tubo 2, 3 e 4) e pH (tubo 4) não era as ideias.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:









O gráfico demonstra o crescimento descontínuo, em etapas chamadas de mudas ou ecdises, característica esta apresentada pelos animais do filo dos ARTRÓPODES, devido presença de seu exoesqueleto quitinoso que limita o crescimento.
As setas marcam os pontos de mudas ou ecdises, que são importantes por permitirem o crescimento do animal enquanto seu novo exoesqueleto não está completamente solidificado.







VEJA A RESPOSTA ABAIXO:









Animais pequenos apresentam uma alta relação área/volume, perdendo calor facilmente e por isso, o musaranho precisa passar maior parte do tempo se alimentando para conseguir energia para repor o calor perdido para o ambiente.
A curva B representa os animais do gráfico I, que são mamíferos, pois apresentam metabolismo mais alto em temperaturas mais baixas, para manter a temperatura corporal constante (Homeotermos).

Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Nenhum comentário até agora. Seja o primeiro a comentar!

Voltar