Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
03 Jan
Biologia Mais Resolve: FUVEST 2012 2ª Fase! 09:00
Biologia Mais Resolve: FUVEST 2012 2ª Fase!
O Biologia Mais resolve as provas anteriores da 2ª fase do vestibular FUVEST. Durante toda a semana serão postadas as provas comentadas até a véspera da prova, para que os alunos possam revisar e se preparar para o grande dia. Vamos comemorar a chegada de 2014 com muita festa, mas não esquecendo do foco e do objetivo de ser aprovado. Descance depois com a consciência tranquilia que você fez seu melhor.

A FUVEST 2014 já está chegando, portanto aproveite para revisar. O vestibular acontece nos dias 5, 6 e 7 de Janeiro de 2014.




B.01 O sangue transporta o gás oxigênio (O2) para os tecidos e remove deles o dióxido de carbono (CO2), produto residual do metabolismo.

a) Cada molécula de hemoglobina nas hemácias pode transportar até quatro moléculas de O2. Ordene os vasos sanguíneos – veia pulmonar, artéria pulmonar e capilares da circulação sistêmica, de acordo com a concentração de hemoglobina saturada de O2 neles encontrada, da maior para a menor concentração. Justifique sua resposta.

b) Cerca de 5% do CO2 produzido nos tecidos é transportado em solução, no plasma sanguíneo. Como o restante do CO2 é transportado dos tecidos para os pulmões?




Resolução:




a) Veia pulmonar - capilares sistêmicos - artéria pulmonar. A veia pulmonar apresenta sangue arterial rico em oxiemoglobina. Ao nível dos capilares sistêmicos, o O2 é fornecido às células do corpo, diminuindo sua concentração no sangue. A artéria pulmonar apresenta sanguem venoso, pobre em oxiemoglobina.

b) 5% do CO2 são transportados dissolvidos no plasma. Parte do restante (3% a 33%) é transportado ligado à hemoglobina. A maior parte (66% a 92%) no plasma sanguíneo sob a forma de bicarbonato.















B.02 As figuras ao lado mostram os ciclos ovariano e uterino e as variações dos hormônios hipofisários relacionadas com esses ciclos, na mulher. Em cada figura, a representação dos eventos se inicia em tempos diferentes. 



As figuras estão reproduzidas na página de resposta.

a) Nas linhas horizontais abaixo das figuras A e B, indique, com a letra M, o início da menstruação.

b) Na linha horizontal abaixo da figura C, indique, com a letra O, o momento da ovulação.

c) Na gravidez, o que ocorre com a produção dos hormônios representados na figura C?




Resolução:




a) 



b)



c) Durante a gravidez, ocorre um aumento na produção de esteroides ovarianos e, devido ao mecanismo de feedback ou retroalimentação negativa, a produção de gonadotrofinas hipofisárias (FSH e LH) diminui.














B.03 A figura A abaixo mostra o par de cromossomos sexuais humanos X e Y. Esses cromossomos emparelham-se na meiose, apenas pelos segmentos homólogos que possuem nas extremidades de seus braços curtos. Ocorre permuta entre esses segmentos.



No heredograma (figura B), os indivíduos I-1 e II-2 são afetados por uma doença que tem herança dominante ligada ao X.



a) Desenhe os cromossomos sexuais de I-1 e II-2, representando-os como aparecem na figura A.

b) Indique os genótipos de I-1 e II-2, localizando, nos cromossomos desenhados, o alelo (d) normal e o alelo (D) determinante da doença.




Resolução:




a)




b) 

















B.04 O diagrama abaixo representa uma das hipóteses sobre a evolução dos animais metazoários. Nele, os retângulos com os números I, II, III e IV correspondem ao surgimento de novas características morfológicas. Isso significa que os grupos de animais situados acima desses retângulos são portadores da característica correspondente.



a) Liste as características morfológicas que correspondem, respectivamente, aos retângulos com os números I, II, III e IV.

b) Ordene as seguintes características dos cordados, de acordo com seu surgimento na história evolutiva do grupo, da mais antiga à mais recente: pulmões, ovo amniótico, coluna vertebral, endotermia, cérebro.




Resolução:




a) I - Tecido Verdadeiro; II - Três folhetos germinativas (triblásticos); III - Deuterostômios enterocelomados; IV - Metameria (segmentação).

b) Cérebro - Coluna vertebral - Pulmões - Ovo amniótico e Endotermia.















B.05 Na vitória-régia, mostrada na figura abaixo, os estômatos localizam-se na superfície superior da folha, o que acontece também em outras plantas aquáticas.



a) Considerando o ambiente em que a vitória-régia ocorre, seus estômatos passam a maior parte do tempo abertos ou fechados? Justifique sua resposta.

b) Liste o que entra e o que sai do estômato aberto de uma folha.




Resolução:




a) Abertos. Os estômatos dependem da hidratação das células-guarda para realizarem os movimentos de abertura e fechamento dos ostíolos. Assim, células saturadas com água (túrgida) permanecem com os ostíolos abertos, como ocorre com plantas aquáticas de folhas flutuantes.

b) Os movimentos de abertura e fechamento dos estômatos controlam as trocas gasosas, permitindo a entrada e saída de CO2 e O2 e a saída de vapor de água (transpiração).















B.06 O coqueiro (Cocos nucifera) é uma monocotiledônea de grande porte. Suas flores, depois de polinizadas, originam o chamado coco-verde ou coco-da-baía. A água de coco é o endosperma, cujos núcleos triploides estão livres no meio líquido.

a) O coco-da-baía é um fruto ou uma semente? Copie a frase do texto acima que justifica sua resposta.

b) O endosperma triploide é uma novidade evolutiva das angiospermas. Que vantagem essa triploidia tem em relação à diploidia do tecido de reserva das demais plantas?




Resolução:




a) Fruto. Suas flores, depois de polinizadas, originam o coco-verde ou coco-da-baía.

b) As células triploides são mais volumosas do que aquelas diploides, permitindo maior acumulo de substância de reserva.








Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Nenhum comentário até agora. Seja o primeiro a comentar!

Voltar