Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
29 Mar
Quanto tempo levaria para piranhas comerem uma pessoa? 09:05
Quanto tempo levaria para piranhas comerem uma pessoa?
Um grupo de centenas de piranhas poderia devorar um adulto de 80 kg em meia hora. Porém, das 35 espécies conhecidas desse peixe de água doce, poucas nadam em cardumes com mais de 20 indivíduos. Além disso, o biólogo Jansen Zuanon, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, afirma que um ataque mortal a uma pessoa saudável é algo muito raro. Outra ressalva: mesmo que esse "banquete" rolasse, só músculos e vísceras da vítima seriam consumidos.

Máquina de comer

Por que a piranha é uma predadora tão eficiente

Rodízio de Carne

O estômago é bastante elástico e capaz de receber pedaços inteiros de comida. Assim, a piranha não precisa perder tempo mastigando - pode só se concentrar em morder a vítima. E os ataques são coordenados em revezamento. Cada peixe do cardume arranca um pedaço da presa e se afasta, cedendo lugar ao próximo.

Exame de sangue

Suas duas narinas em forma de U são recobertas internamente por células que conseguem identificar odores na água. É pelo cheiro de sangue que a piranha caça suas vítimas. Ela também se orienta por vibrações anormais no ambiente, detectadas por células especiais presentes, principalmente, ao longo da sua linha lateral.

Boca de tesoura

Os dentes medem cerca de 4 mm cada um, são triangulares e muito afiados. Encaixam-se perfeitamente quando a boca se fecha, produzindo cortes precisos como os de uma tesoura. Além disso, a dentição é trocada em blocos (todos do lado esquerdo ou todos do lado direito), preservando a eficiência da mordida.

Curiosidades

É o movimento de revezamento do ataque que gera aquelas bolhas de ar na superfície da água

A maioria das espécies não ultrapassa 20 cm de comprimento e peso de 1 kg.

Em dezembro de 2013, um ataque de piranhas-vermelhas (Pygocentrus nattereri) em Rosário, na Argentina, deixou 70 feridos - incluindo um bebê!

Fonte:

Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Nenhum comentário até agora. Seja o primeiro a comentar!

Voltar