Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
12 Jul
Por que o céu é azul? 10:57
Por que o céu é azul?
Nós vemos o céu azul, por causa da forma como a atmosfera interage com a luz solar.

A luz branca, incluindo a luz solar, é composta de muitas cores diferentes de luzes, cada um com seu próprio comprimento de onda.

Várias coisas diferentes podem acontecer quando a luz encontra a matéria.

Por exemplo, se a luz passa através de um material transparente, tal como a água, essas ondas de luz irão refratar, ou dobrar, porque a luz muda de velocidade à medida que viaja a partir de um meio (ar) para outro (água). Prismas decompõem a luz branca em suas cores constituintes, porque os diferentes comprimentos de ondas sofrem refração em ângulos diferentes - as cores viajam em velocidades diferentes - à medida que passam através do prisma.

Alternativamente, alguns objetos, como espelhos, refletem a luz em uma única direção. Outros objetos podem desviar a luz em muitas direções.

O azul do céu é o resultado de um determinado tipo de desvio chamado espalhamento Rayleigh, que se refere à dispersão seletiva de luz causada pela presença de partículas que não são maiores do que um décimo do comprimento de onda da luz.

É importante ressaltar que a dispersão de Rayleigh é altamente dependente do comprimento de onda da luz. Quanto menor o comprimento de onda, mais a luz será desviada. Na baixa atmosfera, pequenas moléculas de oxigênio e nitrogênio desviam a luz de curto comprimento de onda, como a luz azul e violeta, a um grau muito maior do que do que a luz de comprimento de onda longo, como o vermelho e o amarelo. Na verdade, o desvio da luz de 400 nanometros (violeta) é 9,4 vezes maior do que o desvio de luz de 700 nm (vermelho).

Embora as partículas atmosféricas desviem mais o violeta do que o azul (luz de 450 nm), o céu parece azul, porque nossos olhos são mais sensíveis à luz azul e porque parte da luz violeta é absorvida na atmosfera superior.

Durante nascer ou pôr do sol, a luz tem de passar por mais da atmosfera para chegar a nossos olhos. As luzes azul e violeta são ainda mais desviadas, permitindo que possamos vizualizar as luzes vermelha e amarela.

Fonte:

Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Nenhum comentário até agora. Seja o primeiro a comentar!

Voltar