Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
95 posts com a categoria "ciencia-reportagens".
Estudo revela que todos nós somos TRANSGÊNICOS!
Se você é do tipo que acha que a Monsanto ainda vai causar o apocalipse zumbi, é melhor se segurar na cadeira. Você é transgênico.

Um grupo de cientistas da Universidade de Cambridge (Reino Unido) publicou um estudo no qual identificou 128 genes no corpo humano que vieram de micro-organismos, a maioria bactérias, mas também protistas e fungos. Esses juntam aos 17 identificados anteriormente e confirmados pelo estudo, chegando a 145 genes em mim, você, sua sogra e o porteiro que um dia estiveram em minúsculos “convidados” e acabaram entrando em nossos ancestrais e passados adiante, no … Leia mais
Quantas cores você consegue enxergar nessa imagem? Faça o Teste!



Calma, não estamos trazendo a polêmica do vestido de volta. Mas você já se perguntou se as cores que você enxerga são as mesmas que o resto do mundo vê? Provavelmente não. Quer uma prova?

Faça esse teste criado pela especialista norte-americana Diana Derval - basta contar quantos tons diferentes você vê na imagem. O número pode revelar a quantidade, da distrobuição e dos tipos de cones receptores de cores que você tem nos olhos. Sim, isso tudo pode mudar de pessoa para pessoa:

Enxergou menos de 20 tons? Você é um dicromata - possui apenas dois tipos de cones nos olhos, assim como Leia mais
Como é feita uma ponte de safena?
Essa cirurgia cardíaca consiste em retirar parte da veia safena, que fica na perna, para religar artérias do coração obstruídas por placas de gordura. Com a nova ligação, chamada de ponte pelos médicos, é possível normalizar a circulação de sangue no local e evitar um infarto fatal.

O desenvolvimento dessa cirurgia pode ser considerado um feito multinacional: ela foi realizada pela primeira vez nos Estados Unidos (em 1967), por um médico argentino (Renné Favaloro). Desde então, a ponte de safena passou por vários aperfeiçoamentos. Antes era comum, por exemplo, que durante a operação o … Leia mais
Por que as pessoas que tiveram um membro amputado continuam a senti-lo?
O processo parece um curto-circuito, que faz o cérebro receber mensagens vindas do nervo que antes servia o membro retirado. Isso acontece porque todos os nossos nervos são protegidos por uma membrana chamada mielina - semelhante ao plástico isolante que envolve fios elétricos. Quando um membro é amputado, a mielina se rompe, deixando o nervo desprotegido - igual a um fio desencapado.

"Durante a cicatrização, é possível que nas extremidades desses nervos se formem pequenos nódulos, chamados neuromas. Como não existe mais mielina no local para isolar os nervos, os neuromas podem desencadear … Leia mais
Fumar prejudica mais os homens do que as mulheres.
Não foi sem surpresa que a comunidade científica recebeu a instigante notícia: o fumo, além dos inumeráveis reveses clássicos que provoca à saúde, pode também afetar os cromossomos sexuais masculinos. Se comparados a não fumantes, os homens que fumam são três vezes mais propensos a danificar ou perder, em suas células sanguíneas, o famoso cromossomo Y.

Comecemos pelo básico: indivíduos da espécie humana têm 23 pares de cromossomos. Um desses pares serve para determinar, entre outras coisas, nossas características sexuais. Nas mulheres, a dupla responsável por essa função é composta por … Leia mais
A química da paixão! Descubra como funciona.
"Pesquisadores acreditam que é porque certos hormônios e substâncias “ligam” áreas cerebrais do prazer e “desligam” algumas áreas do julgamento crítico. As endorfinas (um tipo de opioide) são liberadas no cérebro em grandes quantidades durante a paixão (principalmente durante a atividade sexual) e produzem uma sensação de prazer, relaxamento, bem-estar e felicidade muito característica no apaixonado"

Sintomas da paixão

A paixão (fase inicial do amor, onde há desejo sexual e atração física) é um estado alterado do cérebro, em que um coquetel de hormônios e substâncias provoca sinais … Leia mais
O que são as doenças autoimunes?
Em algumas pessoas, o sistema imune atua contra algumas moléculas particulares do corpo, causando uma doença autoimune. Essa perda de autotolerância pode tomar várias formas. No lúpus eritematoso sistêmico, comumente chamado de lúpus, o sistema imune gera anticorpos contra as histonas do DNA liberados pela quebra normal das células do corpo. Esses anticorpos autorreativos causam rachaduras cutâneas, febre, artrite e disfunção renal.

Outra doença autoimune mediada por anticorpos, a artrite reumatoide, leva a danos e à inflamação dolorosa das cartilagens e articulações dos ossos. No diabetes … Leia mais
Quais as funções dos cromossomos humanos?
Da cor dos olhos à textura da cera de ouvido, os cromossomos são responsáveis por controlar todas as funções do nosso organismo. Eles são formados por DNA, um código químico composto por sequências de bases nitrogenadas. São essas sequências, também conhecidas como genes, que contêm instruções específicas sobre como funcionamos. Até 1990, pouco se sabia sobre esse mecanismo. Isso motivou cientistas do mundo inteiro a iniciarem uma força-tarefa, o Projeto Genoma, para localizar a posição exata dos nossos 20 mil genes dentro dos cromossomos. O projeto, que terminou em 2003, mapeou 70% do código … Leia mais
Qual é a causa da depressão?
O distúrbio está ligado à menor produção de substâncias como serotonina e endorfina. Elas facilitam a comunicação entre neurônios e influenciam diretamente na sensação de bem-estar. Mas o que desencadeia esse processo ainda não foi definido com precisão pela ciência.

Há vários motivos, como uma doença, um forte sentimento de perda ou até fatores genéticos. Segundo dados de 2012 da Organização Mundial da Saúde, 5% da população global sofre de depressão. E, até 2030, ela deve se tornar a doença mais comum do mundo.

Tristeza na cabeça

Neurônios do depressivo têm dificuldade de se … Leia mais
Cientistas ingleses criam pílula para o emagrecimento.
Substância estimula o processo digestivo e aumenta a sensação de saciedade

Cientistas de Londres descobrem através de testes e pesquisas a existência de um medicamento que poderá combater a obesidade. Os pesquisadores revelam que a motivação da perda de peso é relacionada a uma substância chamada acetato que é liberada durante a formação do bolo intestinal e estimula a digestão das fibras presentes nos alimentos.

Cientistas afirmam que a pílula pode ajudar as pessoas a emagrecerem sem submeter-se a dietas rigorosas e em alguns casos restritivas ao ponto de prejudicar as funções do … Leia mais