Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
24 Ago
Saiba um pouco mais sobre Síndrome de Down. 10:53
Saiba um pouco mais sobre Síndrome de Down.
A Síndrome de Down não é contagiosa, não é adquirida, ela é simplesmente gerada por apenas 1 cromossomo a mais nas nossas células, que normalmente apresentam 46 cromossomos no núcleo (Relembre na matéria sobre CITOGENÉTICA) dispostos aos pares, do número 1 ao 23, que durante a formação dos gametas de homens e mulheres, se separaram nos espermatozoides e óvulos para que quando ocorra a fecundação, o embrião tenha exatamente os 46 cromossomos característicos de nossa espécie.

Pois bem, é nesse momento, chamado de meiose, que pode ocorrer o que é conhecido como NÃO-DISJUNÇÃO, que é a não separação correta dos pares cromossômicos, que especificamente em relação à Síndrome de Down acontece  com o par número 21.

Um espermatozoide com 23 e um óvulo com 24 (cromossomo 21 a mais) quando se encontrarem irão formar um embrião com 47 cromossomos, ou seja, uma criança que irá desenvolver a Síndrome de Down. Existe uma relação bem forte entre o aumento do número de nascimentos de crianças com Down e a idade avançada dos pais, mas isso não é uma regra, pois casais jovens também podem gerar filhos com Down.

Em alguns casos, a não-disjunção pode ocorrer durante as divisões do embrião, gerando parte das células normais e parte com a trissomia, resultando em pessoas com sintomas leves ou até mesmo ausentes, o que chamamos de MOSAICO, por se tratar de uma mistura de células normais e afetadas.

Recentemente, em laboratório, cientistas conseguiram desligar o cromossomo extra que causa a Síndrome utilizando técnicas aplicadas em células cultivadas in vitro, o que não significa que isso irá representar uma cura para essa doença, mas dá demonstrações que no futuro as terapias cromossômicas podem se tornar cada vez mais comuns.

Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Nenhum comentário até agora. Seja o primeiro a comentar!

Voltar