Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
15 Jul
Doenças Emergentes e Ressurgentes. 10:53
Doenças Emergentes e Ressurgentes.
Cientistas e especialistas em saúde pública chamam doenças emergentes aquelas cujas existência não era conhecida no planeta ou pelo menos na região em que apareceram, e doenças ressurgentes (ou reemergentes) as que retornam com força após muito tempo sob controle. Essas doenças podem ser causadas por vírus ou bactérias. Vamos comentar as que são causadas por vírus.

Doenças emergentes causadas por vírus.

No início do século 20 surgiu como a gripe espanhola, que é considerada a maior pandemia já registrada, matando, em pouco tempo, milhares de pessoas no mundo todo. O vírus da gripe espanhola surgiu da recombinação do material genético do vírus causador de uma gripe aviária com o vírus da gripe humana.

Outros exemplos mais recentes de doenças emergentes são a AIDS e a febre hemorrágica. Essa última é causada pelo vírus Ebola, letal para 90% dos casos, sendo capaz de matar uma pessoa em 10 dias, após sofrimentos atrozes. Esse vírus ataca o fígado e o baço, órgãos produtores de fatores de coagulação sanguínea. Resultado: a vítima passa a vomitar e evacuar sangue e a perder sangue pelas gengivas, mucosas e pele.

Em 2002, outra doença emergente surgiu: a pneumonia asiática ou síndrome respiratória aguda grave (SARS). O primeiro caso fo registrado na Ásia e em seguida a doença já atingia a América do Norte e a Europa. A principal forma de transmissão do vírus causador da SARS é por meio de gotículas liberadas pela tosse ou pelo espirro de pessoas contaminadas. Graças a um grande esforço internacional, essa doença está hoje controlada.

Em 2005 foi a vez da gripe aviária ou gripe do frango, na Ásia, atingindo a Europa pouco tempo depois. Essa doença é causada pelo virus H5N1, que afeta aves, mas que pode ser transmitido a humanos pelo contato direto com as aves infectadas ou por meio de secreções liberadas por elas. A contaminação pode ocorrer inclusive durante a limpeza e a manutenção dos aviários ou criadouros sem os cuidados necessários de proteção, ou durante o abate ou manuseio de aves infectadas.

O vírus H5N1 penetra no corpo com o ar inspirado ou pelas mucosas (boca, nariz e olhos). Os primeiros sintomas são semelhantes aos da gripe: febre e dores na cabeça e no corpo. O vírus aloja-se nos pulmões e gera uma infecção. Em seguida, age nos rins (podendo causar falência renal), provoca a inflamação do fígado (hepatite) e diarreia severa.

Doenças ressurgentes causadas por vírus.

A dengue é considerada uma doença ressurgente, pois até a reintrodução do Aedes aegypti no país, em 1967, ela foi considerada erradicada. Atualmente, a dengue é uma das doenças que mais preocupam em termos de saúde pública.
Outro exemplo de doença ressurgente é a febre amarela. Embora tenha sido considerada erradicada do Brasil desde 1942, ainda hoje são registrados casos dessa doença. A derrubada maciça de árvores pode levar ao aumento de casos de febre amarela, pois os mosquitos transmissores da forma silvestre podem picar o ser humano.

Fonte: OMS; Institudo de Ciências Biomédicas da USP e Departamento de Geriatria da Unifesp.

Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Nenhum comentário até agora. Seja o primeiro a comentar!

Voltar