Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
05 Mai
Como os golfinhos dormem? 16:12
Como os golfinhos dormem?
Para os seres humanos e outros mamíferos terrestres, o sono envolve inconsciência total ou parcial, a inativação de todos os músculos voluntários (aqueles que são conscientemente controlados) e a suspensão dos sentidos, como visão e olfato.

Mas a mesma coisa não acontece com os golfinhos e outros cetáceos, o grupo de mamíferos marinhos que inclui baleias, orcas e golfinhos .

Em vez disso, esses animais passam por uma forma incomum de sono chamado "sono de ondas lentas uniemisférico". Também conhecido como sono profundo, sono de ondas lentas é um tipo de sono pensado para ajudar o cérebro a consolidar memórias novas e recuperar-se de suas atividades diárias.

Quando é hora de descansar, um golfinho desliga apenas um hemisfério de seu cérebro, e fecha o olho oposto (o olho esquerdo será fechado quando a metade direita do cérebro dorme, e vice- versa). Durante este tempo, a outra metade do cérebro monitora o que se passa no ambiente e controla as funções respiratórias .

Às vezes, os golfinhos permanecem imóveis na superfície da água durante o sono, enquanto outras vezes, eles podem nadar lentamente. Os cientistas também documentaram golfinhos de cativeiro dormirem no fundo das piscinas. (Eles periodicamente sobem a superfície para respirar).

Em 24 horas, cada metade do cérebro recebe cerca de 4 horas de descanso, de acordo com um artigo de 2008 na revista Neuroscience & Biobehavioral, que também observa que há poucas evidências entre golfinhos para o período REM do sono ou rapid-eye-movimento (a fase em que os sonhos ocorrem normalmente em humanos).

Há três razões principais pelas quais os golfinhos podem ter evoluído esta estilo de dormir. Em primeiro lugar, os golfinhos provavelmente afogariam-se caso não mantivessem uma das metade de seu cérebro ativo, porque a sua respiração é sempre conscientemente controlada.

Em segundo lugar, o sono de ondas lentas uniemisférico permite que os animais fiquem alertas a possíveis ameaças, enquanto eles descansam.

Terceiro, este tipo do sono permite que o golfinho mantenha certos processos fisiológicos, tais como o movimento muscular, que ajuda o mamífero de sangue quente manter o calor do corpo que necessita para sobreviver, no oceano gelado.

Fonte:

Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Nenhum comentário até agora. Seja o primeiro a comentar!

Voltar