Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
31 Jul
Fertilização in vitro X Inseminação artificial 18:51
Fertilização in vitro X Inseminação artificial
Quando um casal não consegue ter filhos, é importante buscar orientação médica sobre o que pode ser feito. Duas das técnicas possíveis são a inseminação artificial e a fertilização in vitro.

No primeiro caso, o sêmen é coletado em condições especiais, geralmente em clínicas de fertilidade, e introduzido no útero na época de ovulação, por meio de métodos especiais.

O sêmen pode ser armazenado congelado em nitrogênio líquido por até alguns anos, mantendo-se viável após o descongelamento. Homens que sofrerão cirurgias que possam deixá-los estéreis, ou que tem câncer de testículo e vão iniciar tratamento para combater a doença, geralmente recorrem a esse processo de armazenamento de esperma.

Na fertilização in vitro, a mulher faz um tratamento que estimula a ovulação e, na data prevista para a liberação dos ovócitos II, essa células são coletadas por um procedimento médico especial e colocadas em meios de cultura. Os espermatozoides são depositados no mesmo meio de cultura, visando à fecundação. Vários zigotos são formados e iniciam a divisão celular. Depois de cerca de 72 horas, o embrião atinge o estágio adequado para ser implantado no útero materno. Geralmente implanta-se mais de um embrião, para aumentar a chance da gravidez ocorrer. Em função disso, a fertilização in vitro aumenta a probabilidade do nascimento de gêmeos, trigêmeos ou mais.

Fonte: Moore, K.L; Persaud, T.V.N. Embriologia básica. 5ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2000. p. 36.

Para os casais que pensam em realizar alguma técnica de reprodução assistida abaixo estão listados alguns valores de cada procedimento.

Relação sexual assistida – de R$ 350 a R$ 600
Tratamento que inclui consultas ao ginecologista e ultrassom – de R$ 300 a R$ 500
Hormônios, simples, tomados de forma oral – de R$ 50 a R$ 100.

Inseminação artificial – de R$ 1,5 mil a R$ 3 mil
Tratamento que inclui consultas, recolhimento e tratamento do esperma e inserção no útero – de R$ 500 a R$ 2 mil
Hormônios injetáveis – R$ 1 mil

Fertilização in vitro clássica – de R$ 10,5 mil a R$ 14 mil
Tratamento que inclui consultas, exames, fertilização e inserção no útero – de R$ 7 mil a R$ 9 mil
Hormônios e medicamentos – de R$ 3 mil a R$ 5 mil

Fertilização in vitro com inserção de esperma – de R$ 11,3 mil a R$ 16,5 mil
É o valor da fertilização in vitro clássica, mais o procedimento de injeção do espermatozoide dentro do óvulo, que custa entre R$ 800 a R$ 2,5 mil.

Fertilização in vitro simplificada – aproximadamente R$ 5 mil
Tratamento que inclui consultas, exames, fertilização e inserção no útero – R$ 3,5 mil.
Hormônios e medicamentos – R$ 1,5 mil

Doação de óvulo – R$ 15 mil a R$ 18 mil
Além da fertilização in vitro e dos hormônios, os compradores pagam uma taxa referente ao tratamento da doadora do óvulo (a doadora não paga nada pela cessão do óvulo). No total, o valor varia entre R$ 15 mil e R$ 18 mil.

Doação de esperma – de R$ 8,3 mil a R$ 11,5 mil
Além da fertilização in vitro, é preciso comprar o sêmen em um banco de esperma. O valor varia entre R$ 800 e R$ 2,5 mil.

Doação do útero – aproximadamente R$ 15 mil
O casal que pretende ter o filho também é responsável por pagar o tratamento e os hormônios da doadora do útero. Vale lembrar que a legislação brasileira proíbe a chamada “barriga de aluguel”, isso é, pagar alguém para receber o embrião de um casal.

Diagnóstico pré-implantacional (PGD) – de R$ 16,5 mil a R$ 20 mil
Além do processo de fertilização in vitro clássico e seus hormônios, o casal paga pelo exame genético nos embriões. Para quatro embriões, o valor médio do exame é de R$ 6 mil.

Fonte: disponível em http://redeglobo.globo.com/globociencia/noticia/2013/05/quanto-custa-reproducao-assistida.html acessada em 21/07/2013.

Fazer um comentário neste post:

Comentar

Comentários

  • Rayana

    Publicado 39 meses atrás

    queria muito saber como faço para comprar esses hormônios injetáveis
Voltar