Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
Família encontra um tubarão morto na praia. Ao abrir o bicho se surpreendem com os filhotes ainda vivos dentro
Fumar prejudica mais os homens do que as mulheres.
Não foi sem surpresa que a comunidade científica recebeu a instigante notícia: o fumo, além dos inumeráveis reveses clássicos que provoca à saúde, pode também afetar os cromossomos sexuais masculinos. Se comparados a não fumantes, os homens que fumam são três vezes mais propensos a danificar ou perder, em suas células sanguíneas, o famoso cromossomo Y.

Comecemos pelo básico: indivíduos da espécie humana têm 23 pares de cromossomos. Um desses pares serve para determinar, entre outras coisas, nossas características sexuais. Nas mulheres, a dupla responsável por essa função é composta por … Leia mais
 Se uma plantação de maconha pegar fogo, as pessoas perto ficam chapadas?
Sim, em tese. Uma pessoa pode sentir os efeitos da substância que gera o “barato”, o delta-9-tetrahidrocanabinol (THC), apenas inalando a substância, desde que seja em uma dose minimamente efetiva, o que vai depender de cada indivíduo e da concentração de THC na planta. Mas, na prática, alguém perto de uma plantação não sentiria os efeitos da fumaça, porque a concentração do THC já estaria baixa até a fumaça chegar aos vizinhos.

“Na forma fumada uma pequena quantidade de fumaça inalada pode produzir efeitos, enquanto que na forma de inalação por exposição (ambiente fechado) a quantidade de … Leia mais
VESTIBULAR UERJ 2ª FASE - GABARITO COMENTADO
A prova da UERJ que normalmente é conhecida por quetões simples e complexas na mesma prova, mais uma vez foi composta por uma mescla disso. Questões de Botânica, ecologia, Genética Molecular, Fisiologia (Digestório - Amido) forma as questões mais simples. Outra precisaram de um pouco mais de trabalho do vestibulando, como Fisiologia (Leptina), genética, e Zoologia, principalmente a última questão que abordava a relação de gasto energético em diversos animais.

Confira as quetões de Biologia do vestibular UERJ 2015 comentadas: 



VEJA A RESPOSTA ABAIXO:










O … Leia mais
A química da paixão! Descubra como funciona.
"Pesquisadores acreditam que é porque certos hormônios e substâncias “ligam” áreas cerebrais do prazer e “desligam” algumas áreas do julgamento crítico. As endorfinas (um tipo de opioide) são liberadas no cérebro em grandes quantidades durante a paixão (principalmente durante a atividade sexual) e produzem uma sensação de prazer, relaxamento, bem-estar e felicidade muito característica no apaixonado"

Sintomas da paixão

A paixão (fase inicial do amor, onde há desejo sexual e atração física) é um estado alterado do cérebro, em que um coquetel de hormônios e substâncias provoca sinais … Leia mais
BIOLOGIA: O que cai na FUVEST?
É muito comum ouvir de um aluno a seguinte pergunta: "Professor, o que vai cair na FUVEST, dá um dica". Bom, essa não é uma das perguntas mais simples de se responder, porém é possível fazer uma estimativa das áreas da Biologia que são mais cobradas na prova.

Fiz um levantamento dos principais conteúdos de Biologia abordados pela FUVEST nos útlimos 20 anos e anos útimos 5 anos, para comparar as mudanças ocorridas ao longo do tempo.

O que podemos notar é que históricamente a FUVEST cobra basicamente 4 áreas com maior frequência: Genética (111 - 19,30%); Botânica (110 - 19,13%); … Leia mais
GABARITO COMENTADO - UFGD 2015


GABARITO A

IV - Errada: Espécies que apresentam risco de desequilíbrio ecológico por fatores de falta de alimento ou predação acabam por diminuir a txa de reprodução.
V - Errada: Intemperismo pode ser qualquer fenômero químico ou físco que leva ao desgaste das rochas e dos solos, não necessáriamente um fator antrópico.








GABARITO C

II - ERRADA - Eutrófico seria o nome dado ao final do processo de eutrofização, ou seja, quando a quantidade de matéria orgânica já atingiu um ponto em que a proliferação das bactérias levo ao consumo de oxigênio e consequentemente a … Leia mais
O que são as doenças autoimunes?
Em algumas pessoas, o sistema imune atua contra algumas moléculas particulares do corpo, causando uma doença autoimune. Essa perda de autotolerância pode tomar várias formas. No lúpus eritematoso sistêmico, comumente chamado de lúpus, o sistema imune gera anticorpos contra as histonas do DNA liberados pela quebra normal das células do corpo. Esses anticorpos autorreativos causam rachaduras cutâneas, febre, artrite e disfunção renal.

Outra doença autoimune mediada por anticorpos, a artrite reumatoide, leva a danos e à inflamação dolorosa das cartilagens e articulações dos ossos. No diabetes … Leia mais
Como uma serpente gera calor para chocar seus ovos?
EXPERIMENTO:

Herndon Dowling e seus colegas no Zoológico do Bronx em Nova York observaram que quando uma fêmea de piton burmesa incubava os ovos enrolando o corpo ao redor deles, ela aumentava a temperatura do corpo e frequentemente contraía os músculos, quando enrolava. Para saber se as contrações estavam elevando a temperatura do seu corpo, eles colocaram a piton e seus ovos em uma câmara. Ele variaram a temperatura da câmara e monitoraram as contrações dos músculos da piton e a absorção de oxigênio, para medur sua taxa de respiração celular.

RESULTADOS:

O consumi de oxigênio da … Leia mais
GABARITO COMENTADO - UNESP 2015 - CLIQUE AQUI

GABARITO D

Com a diminuição das raposas e o aumento da população de camundongos é bem provável que este roedor também seja parasitado pelo carrapato que transmite a doença de Lyme.








GABARITO E

O termo "burrego" a qual o texto se refere, é sinônimo de ovelha e portanto trata-se de um consumidor primário. A cobra é um animal carnívoro e portanto no mínimo é classificada como consumidor secundário. Logo, a cobra e o burrego não ocupam o mesmo nível trófico por serem presas do carcará.
Quando o carcará come a cobra, se ela for classificada como consumidor secundário, o … Leia mais