Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
Usar a mesma colher para se servir e comer azeda o alimento?
Sim, porque só a saliva já é suficiente para a digestão começar. O motivo tem nome: ptialina. A enzima, também conhecida como amilase salivar, é produzida pelas glândulas salivares e é o primeiro agente no processo de digestão química. Sua função principal é quebrar as moléculas de amido da comida, o que, na prática, significa azedá-la. Ou seja, qualquer contato com saliva já faz o alimento começar a ser digerido. O recado vale tanto para quem não usa talheres diferentes para se servir quanto para quem teima em beber no gargalo. Em poucas horas, a ptialina já terá agido sobre o alimento. A … Leia mais
Por que algumas pessoas têm olhos de cores diferentes?
 É devido a uma anomalia chamada heterocromia. Ela pode ser tanto herdada geneticamente quanto adquirida por doenças ou ferimentos. Existem dois tipos: a setorial (duas cores no mesmo olho) e a completa (um olho de cada cor), e é até possível ter os dois tipos ao mesmo tempo. Toda espécie de combinação é possível (azul e verde, castanho e azul etc.). O fator decisivo é o mesmo de quem tem os dois olhos iguais: a quantidade de melanina na íris do globo ocular. Essa quantidade é determinada por uma série de genes diferentes (ou seja, a Primeira Lei de Mendel não se aplica aqui), como OCA2 … Leia mais
Vem ENEM, ENEM vem! Dicas do Biologia Mais.
O ENEM já se aproxima e muitos alunos começam a ficar com um friozinho na barriga. A insegurança toma conta de muitos, porém, se a preparação durante o ano foi bem feita, com certeza o candidato tem todas as condições de realizar uma ótima prova.

Ao contrário do que muito pensam, o ENEM não exige "sorte" e sim muito estudo e dedicação para a tudo saia como planejado. Por isso sempre desejo aos alunos "boa prova" e não "boa sorte"; deixe isso para arriscar na mega sena.

Pensando nisso, o Biologia Mais listou alguns tópicos para que os alunos possam dar mais atenção no momento derradeiro … Leia mais
Veja como é o maior coração do mundo.
Cientistas do Museu Real de Ontario, no Canadá, dissecaram uma baleia-azul e revelaram imagens de como é o maior coração do mundo.

É esperado que um animal com 23,3 metros de comprimento e pesando cerca de 180 toneladas tenha órgãos gigantescos. No entanto, o tamanho de seu coração surpreende.

Ele tem 180 quilos, 1,5 metro de comprimento e, quando estava em ação, bombeava cerca de 60 galões de sangue (220 litros) por batimento cardíaco. Para vias de comparação, o coração humano tem, em média, 12 cm e pesa cerca de 340 gramas.

"Este é o primeiro coração de baleia-azul a ser … Leia mais
Sangue de bêbado pega fogo?
Não, é impossível. Muito antes de isso acontecer, você já estaria morto. Para a maioria das pessoas, a dose letal é de 5 g de álcool por litro de sangue. É uma quantidade boa pra matar, mas ínfima para gerar combustão. A maioria das bebidas não possui teor alcoólico suficiente para se incendiarem nem mesmo na garrafa, quanto mais no sangue, onde o álcool acaba diluído. Para ter uma ideia, uma cerveja comum tem cerca de 5% de álcool, tequila e vodca têm em torno de 40% e a cachaça gira em torno de 50%. Além disso, mesmo com uma concentração absurda de álcool, dificilmente você teria calor … Leia mais
Por que podemos comer carne de rã, mas não de sapo?
Porque sapos possuem glândulas de veneno e rãs não. Como essas glândulas ficam na pele, seria difícil retirá-las sem espalhar veneno para a carne. Mas não que seja uma grande lástima: a maior parte da carne consumida das rãs vem de suas patas posteriores, e os sapos têm pouca nesse lugar. O motivo é que as rãs se movimentam saltando e, por isso, têm a musculatura das patas bem desenvolvida, enquanto os sapos só dão saltos pequenos e têm pernas curtas. Com gosto semelhante ao frango, a carne de rã tem pouca gordura, bastante proteína e mais cálcio que o leite. O único problema é o preço, que … Leia mais
Se a humanidade desaparecesse, qual espécie dominaria o mundo?
Não há consenso científico. Não apenas porque é difícil imaginar um mundo sem a influência humana mas também porque o próprio conceito de "dominância" é subjetivo. Se estamos falando da quantidade de indivíduos, então os humanos perdem feio: somos superados em número por bactérias, protozoários e insetos, entre outros seres. Se o conceito diz respeito à presença no globo, também não somos tão dominantes assim, pois não estamos presentes em muitas regiões, como os polos e as profundezas do mar. E alguns animais possuem sistema de linguagem, estrutura social e inteligência muito sofisticado, … Leia mais
Peixe mutante de FUKUSHIMA? Veja mais Fotos!
Um peixe fisgado no litoral da ilha de Hokkaido (Japão) levou os pescadores a pensar que se tratava de uma criatura mutante sob efeito do vazamento da usina nuclear de Fukushima, ocorrido após terremoto em 2011.

Mas, de acordo com o "Daily Star", o animal se trata de um wolffish, que é comestível.

Fotos do peixe foram postadas no Twitter por Hiroshi Hirasaka, conhecido no Japão por caçar e comer animais exóticos.

Se baleia respira oxigênio, por que morre quando encalha?
A morte se dá por fatores como aumento de temperatura corporal e compressão de órgãos internos. Na verdade, cerca de 80% das baleias encalhadas chegam à praia mortas e as sobreviventes muito debilitadas. Só este ano, 57 baleias foram encontradas na costa brasileira e, apesar de os encalhes serem acidentais, alguns cientistas acreditam que animais extremamente machucados nadem em direção à praia como último recurso para manter o orifício respiratório fora da água e conseguir respirar. A teoria ainda não foi comprovada, mas as chances de sobrevivência são baixas e o tempo para socorro é curto - … Leia mais
Por que o girassol
O fenômeno responsável por esse movimento é o heliotropismo, que só ocorre na fase de crescimento da planta - ao florescer, ela não se mexe mais. O movimento ocorre porque o lado que não recebe luz cresce mais rápido do que o lado iluminado, inclinando o caule para a fonte de luz. Além disso, uma espécie de relógio interno faz com que o girassol se volte para leste durante a noite. Assim, ele já "espera" o Sol nascer inclinado para o lado certo. Segundo a botânica Heike Hofmann, da Universidade de Zurique, o movimento da haste e das folhas acompanhando a luz solar serve para facilitar a … Leia mais