Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
"Eu beberei suas lágrimas!" pode até parecer uma frase de algum vilão de cinema ou novela, mas isso é exatamente o que uma determinada espécie de borboleta da Amazônia faz.

As borboletas reunem-se sobre as cabeças de tartarugas para beber suas lágrimas. A motivação? Obterem sais minerais, que são excassos em sua alimentação herbívora. Como as tartarugas são carnívoras, conseguem os minerais com mais facilidade e eliminam o excesso por glândulas próximas aos olhos. Abelhas também já foram vistas bebendo as lágrimas desses répteis.

Essa associação é benéfica para as borboletas e … Leia mais
Por que os olhos ficam vermelhos?
Os olhos vermelhos, também conhecido como conjuntivite, desenvolvem-se quando a membrana transparente, ou conjuntiva, que reveste as pálpebras e a parte branca do globo ocular fica inflamada. Existe três causas principais da inflamação: reação alérgica, infecção viral ou infecção bacteriana.

A conjuntivite pode ser transmitida facilmente entre pessoas se a origem da infecção for viral ou bacteriana. Em caso de reação alérgica, esta não é transmissível.

A inflamação faz com que os vasos sanguíneos fiquem mais visíveis, causando a vermelhidão nos olhos. Em casos mais graves, as pálpebras … Leia mais
Os jardins submersos de Gruner See!
Essas curiosas fotos foram tirada em Gruner See, um parque em Styria na Áustria. No inverno o lago do parque possui 2m de profundidade, porém no verão, com o derretimento das geleiras, a água que escorre das montanhas eleva o nível do lago para 12m transformando a paisagem
Um brinde à saúde!
O Natal tá quase aí. E a ciência trouxe uma notícia de presente: vinho melhora seu sistema imunológico – e te deixa mais longe de infecções e doenças. Pode beber mais tranquilo nessas festas com a família. Mas não se empolgue muito: a receita só funciona se o consumo for moderado.

Cientistas americanos usaram 12 macacos rhesus para testar como o álcool pode influenciar as respostas do corpo às vacinas e infecções. Primeiro, os pesquisadores injetaram vacina contra varíola em todos os animais e avaliaram os resultados. Em seguida, os ensinaram a beber álcool quando (e quanto) quisessem. Aí … Leia mais
UFGD 2014: Prova de Biologia - Gabarito não oficial.
O gabarito abaixo refere-se à prova B.

Questão 01. 
Alternativa B - I e IV

Questão 02.
Alternativa C - O Pediculus capitis, além de causar o transtorno já conhecido, também é o vetor natural de tifo exantemático, febre das trincheiras e febre recorrente.

Questão 03.
Alternativa B - III e IV

Questão 04. 
Alternativa B - Ancylostoma braziliense e Toxocara canis

Questão 05.
Alternativa D. - apenas I.
Obs: outra alternativa possível seria a letra A. Porém a afirmativa IV considera que as bactérias se reproduzem por conjugação, cissiparidade ou transdução. … Leia mais
É verdade que, quando se doa parte do fígado, ele se regenera?
Sim. O fígado é o único órgão do corpo humano capaz de reconstituir até 75% de seus tecidos. O homem já conhece essa impressionante capacidade desde a Antiguidade. A mitologia grega conta que o titã Prometeu foi condenado por Zeus, o deus supremo, a passar a eternidade acorrentado a uma rocha, sofrendo o ataque de um abutre que lhe devorava pedaços do fígado de tempos em tempos.

O castigo seria infinito justamente por causa da regeneração do órgão. Apesar de bem criativa, a história soa algo absurda se a gente focalizar os aspectos médicos. Depois de séculos de experiências, os … Leia mais
Por que sentimos cócegas?
Elas estão relacionadas à reação do organismo a situações de medo e pânico. É por isso que as cócegas geralmente se manifestam por meio de risadas desconfortáveis. São provavelmente uma resposta primitiva, com o objetivo de fazer o corpo reagir no caso, por exemplo, de haver algum inseto caminhando sobre ele. A pele de certas partes mais vulneráveis do corpo possui receptores sensíveis chamados de terminações nervosas livres. "Esses receptores nervosos são os mesmos que nos permitem sentir dor, coceira e excessos de calor ou frio - ou seja, estímulos perturbadores que levam o organismo a se … Leia mais
Nova geração de repelentes: Inofensivos, baratos e com cheiro de uva
Nova geração de repelentes pode revolucionar o combate a insetos e pragas. As substâncias foram identificadas a partir do estudo dos neurônios olfativos de moscas-da-fruta.

Estudo mostrou o caminho para a obtenção de uma nova geração de repelentes contra insetos, ao descobrir compostos com essa propriedade mais baratos, seguros para humanos e que não dissolvem o plástico. E, de quebra, o grupo responsável pela pesquisa ainda fez uma descoberta básica importante sobre a morfologia de insetos, considerada uma revolução na área que estuda o olfato.

Pode-se dizer que a equipe de … Leia mais
UFGD 2010: Questões comentadas
01. (UFGD 2010) Tereza e Gustavo, mesmo depois de muitos anos, ainda lembram com tristeza a perda dos três primeiros filhos: Juliano, Lucas e Mateus. Eles morreram lentamente perdendo os movimentos quando ainda eram crianças, entre os dez e os quatorze anos. Maria foi à última filha do casal. Ela casou-se há mais de 20 anos e hoje vive o mesmo drama de seus pais. Seu filho mais velho faleceu aos 12 anos, restando apenas uma jovem de 17 anos. A doença que matou os filhos e o neto do casal Tereza e Gustavo caracteriza uma

a) atrofia autossômica dominante.
b) atrofia autossômica recessiva.
Leia mais
Por que o papel não volta à forma original depois de dobrado?
Porque as ligações que mantêm o papel em sua forma original são rompidas com as dobras. O papel é formado de fibras de celulose entrelaçadas e unidas por átomos de hidrogênio, em uma ligação química chamada "ponte de hidrogênio". O papel começa a ser feito com as fibras de celulose misturadas com água, que depois é extraída do papel durante o processo industrial. O problema é que, quando as pontes são rompidas a seco, no papel já pronto, elas não podem ser refeitas. A únia maneira de tentar deixar a folha inteira de novo é jogando-a na água.

Pedra, papel ou tesoura?

Saiba por que o … Leia mais