Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
Combate a infecções e limpeza de nosso corpo!
Você sabe o que é o pus que se forma nos ferimentos infeccionados?

Quando a pele humana sofre um lesão, pode ocorrer infecção por bactérias. Nesse caso, neutrófilos (um tipo de glóbulo branco do sangue) saem dos vasos sanguíneos e vão para o local da infecção. Esse processo de atravessar a parede dos capilares sanguíneos é denominado diapedese.

Os neutrófilos fagocitam ativamente as bactérias, mas acabam morrendo juntamente com as várias bactérias que ingeriram. Os neutrófilos e as bactérias mortos formam os principais elementos encontrados no pus de ferimentos infeccionados.

Nessa … Leia mais
Essa animação explica didaticamente o que ocorre nos vasos sanguíneos quando o LDL está em excesso. As placas de ateromas formadas podem levar a diminuição do calibre das artérias, reduzindo o fluxo sanguíneo. O rompimento de uma placa aterosclerótica pode ser pior, criando um coágulo que bloqueia definitivamente o fluxo sanguíneo gerando um
Excelente vídeo produzido pelo WWIC e legendado por www.biocistron.blogspot.com mostra em detalhes como ocorre todo o processo da fosforilação acíclica dentro das membranas dos cloroplastos. Fotossistemas II (P680) integrado com o fotossistema I (P700). Fotólise da água, produção de ATP e NADPH.
Por que as mulheres não ficam carecas?
Para início de conversa, mulheres também têm calvície, embora não seja tão intensa e comum como nos homens. A forma mais comum de calvície é conhecida pelos médicos como alopecia androgenética e isso diz tudo: a calvície é motivada pela herança genética e pelos hormônios andrógenos, que definem as características sexuais masculinas. Ou seja, embora mulheres também sofram de queda de cabelo, o problema é determinado por hormônios masculinos. Entenda por que: a principal reação bioquímica que gera a calvície acontece quando a enzima 5-alfa-redutásia age sobre a testosterona (o principal tipo de … Leia mais
Em imagens: Os destaques da ciência em 2013
As fotos divulgadas por institutos e publicações científicas em 2013 mostrarão um ano em que novos horizontes foram alcançados pelo homem. Uma sonda pode ter sido o primeiro objeto feito na Terra a alcançar o espaço interestelar, e outra pousou na Lua, após 37 anos.
Pesquisadores também produziram um filme de animação com átomos de carbono, determinaram a cor verdadeira de um planeta fora do Sistema Solar - um azul profundo - e chegaram mais perto de "ler" sonhos.

A tecnologia possibilitou a criação de uma arma em uma impressora 3D, a fabricação de um hambúrguer de laboratório e a … Leia mais
Cientistas desenvolvem parafusos de seda para tratar fraturas
Parafusos feitos totalmente de seda foram usados pela primeira vez para tratar fraturas em cobaias.

Uma equipe formada por engenheiros médicos da Universidade Tufts, do Estado americano de Massachusetts (nordeste dos EUA), e do Centro Médico Beth Israel Deaconess, também nos Estados Unidos, produziu 28 parafusos a partir de moldes nos quais foram colocadas proteínas obtidas de casulos de bicho-da-seda.

Eles foram implantados nos ossos de seis ratos por entre quatro e oito semanas, ao final das quais eles já tinham começado a se dissolver.

Os pesquisadores atribuíram o fato deles se … Leia mais
A ciência da larica: por que a maconha causa fome?
Um dos efeitos catalogados do uso de maconha é a fome: depois de usar a droga, o usuário tem uma sensação de estômago vazio.

Popularmente, chama-se a essa fome causada pela maconha de larica - em alguns lugares do país, a gíria é tão comum que acaba sendo aplicada também à comida e, frequentemente, sem necessariamente o contexto envolvendo a droga.

Até pouco tempo, cientistas não entendiam muito bem porque isso acontecia. Agora, com a regularização da venda e consumo de maconha em muitos estados dos EUA, deve ficar mais fácil estudar os efeitos da droga e as consequências, boas e ruins, … Leia mais
Na base de cordilheiras, como os Alpes, inundações são comuns — na época certa, a água pode cobrir o solo por dias. Isso é um problema para a espécie de formigas Formica selysi, que mora nessas áreas. Elas são obrigadas a evacuar toda a sua colônia, salvando a rainha e as larvas, para construir um tipo de jangada usando seus próprios corpos.

Segundo a Science, pesquisadores coletaram algumas dessas formigas e assistiram à formação desses barcos improvisados dentro de um laboratório. O processo foi todo gravado de cima para baixo.

Os cientistas notaram que rainhas são geralmente … Leia mais
Gêmeos idênticos têm a mesma impressão digital?
Curiosamente não. E isso deixa a gente com a pulga atrás da orelha, já que os gêmeos idênticos (ou univitelinos) são clones perfeitos, eles têm o mesmo DNA. Afinal, são formados quando um único óvulo, fecundado por um espermatozóide, se divide em dois embriões. A princípio, esses irmãos deveriam ser idênticos de cabo a rabo. Mesmo assim, a papiloscopia - ciência que estuda as linhas das mãos e dos pés - diz que as impressões digitais dos univitelinos podem até seguir a mesma fórmula, mas nunca serão iguais. "A digital muda de dedo para dedo, de mão para mão. Assim como não existem duas zebras … Leia mais
É verdade que uma barata consegue viver sem cabeça?
Sim! A explicação para esse fenômeno bizarro é simples: as principais estruturas vitais da barata não estão na cabeça. O coração é um vaso estendido ao longo do dorso do bicho. O sistema nervoso fica espalhado pelo abdome. E mais importante: as baratas respiram por estruturas chamadas espiráculos, uma série de pequenos poros distribuídos ao longo do corpo que mantêm o entra-e-sai de ar numa boa.

Além disso, a nojenta tem uma pressão sanguínea muito menor que a dos mamíferos. Por isso, quando ela é decapitada, não rola uma perda de sangue que comprometa sua sobrevivência. "Todos esses … Leia mais