Blog Biologia | Prof. Fernando Belan
 
 
 
 
Publicidade
Carnívoros: Fatos sobre os comedores de carne.
Um carnívoro é um animal ou uma planta que come carne de animais. A maioria dos animais carnívoros, mas não todos, são membros da ordem dos carnívoros; mas nem todos os membros da ordem Carnivora são carnívoros.

"Um carnívoro é simplesmente qualquer espécie que come carne, e isso pode variar de plantas carnívoras e insetos até o que normalmente pensamos quando ouvimos a palavra carnívoro, como tigres ou lobos", disse Kyle McCarthy, professor assistente de ecologia da vida selvagem. Faculdade de Agricultura e Recursos Naturais da Universidade de Delaware.

Carnívoros - ou "devoradores de … Leia mais
Por que as folhas mudam de cor?
Durante o outono, em algumas regiões do mundo, a paisagem torna-se uma belíssima mistura  de cores. As folhas mudam de cor no outono porque, em resposta ao encurtamento das horas do dia, as árvores param de produzir clorofila. Sem o verde avassalador da clorofila para esconde-los, os outros pigmentos se tornam visíveis. Os carotenos produzem amarelos e laranjas, enquanto os vermelhos são devido a pigmentos chamados antocianinas. Estes podem ajudar a proteger as células das árvores de raios UV prejudiciais ou ajudar a proteger as árvores contra o estresse das temperaturas mais baixas.

Leia mais
Bebê brasileiro nasceu de um útero transplantado de uma falecida.
O Brasil é o segundo país que mais realiza transplantes no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Segundo dados do Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), cerca de 27 mil pacientes de todo o país receberam um novo órgão em 2017.

As partes que mais costumam ser reaproveitadas são córneas, rins e fígado. Já outras, como pulmão ou pâncreas, por exemplo, são mais raras: foram apenas 112 transplantes de cada um desses órgãos no ano passado.

Outro procedimento que poderia entrar nessa conta é o transplante de útero. Afinal, nos pouco mais de 15 anos desde que essa técnica foi inventada, … Leia mais
Estudo vai investigar sofrimento mental de estudantes universitários
Na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, uma pesquisa de pós-doutorado em andamento discute o sofrimento mental entre estudantes de graduação e pós-graduação, considerando as mudanças sociais contemporâneas pelas quais passam o Brasil e o mundo. O estudo Mudanças Sociais, Individualização e o Sofrimento Psíquico entre Estudantes Universitários é de autoria de Thiago Marques Leão, doutor em Saúde Pública, sob supervisão da professora Aurea Maria Zöllner Ianni, do Departamento de Política, Gestão e Saúde da FSP.

Segundo o pesquisador, “as recentes e recorrentes notícias sobre adoecimento … Leia mais
NO PAIN NO GAIN? Lesão no treino físico não leva a aumento de massa muscular.
No pain, no gain (sem dor, sem ganho) é uma frase comum entre quem faz musculação, pois o dano é considerado essencial para o aumento de massa muscular. Porém, uma pesquisa da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP mostra que não há relação entre lesões no treino e crescimento dos músculos. Eles vão crescer apenas com o aumento da síntese proteica após a redução das lesões no decorrer do treinamento. O estudo de doutorado de Felipe Damas recebeu menção honrosa na área de Ciências da Saúde do Prêmio Tese Destaque USP 2018.

O dano muscular (ou microlesões adaptativas na … Leia mais
O que é chorume do lixo?
Esse líquido escuro e de cheiro forte se forma quando o lixo entra em decomposição, principalmente por causa da ação de bactérias. Tanto faz se o lixo é orgânico (como restos de comida) ou inorgânico (como plástico ou vidro). Também chamada de lixiviado, a gosma pode surgir da umidade natural do detrito ou gerada por seu apodrecimento, e é alimentada pela água da chuva.

Sua composição varia de acordo com o material descartado: geralmente contém nitrogênio e carbono, mas também pode incluir cobre, cobalto, cádmio, mercúrio e outros metais pesados. Por isso, ele é muito mais prejudicial ao … Leia mais
Teoria da conspiração: o flúor na água é usado para controlar mentes?
RECOMENDADA PELOS DENTISTAS?
Em 1939, H.V. Churchill, químico chefe da Aluminium Company of America (Alcoa), teria feito um estudo em ratos que mostrou que a água com flúor diminui a incidência de cáries. Como o fluoreto (forma ionizada do flúor, ou seja, que pode compor outros compostos químicos) é um subproduto do alumínio, a empresa estaria interessada em dar um destino à água que usa, carregada de flúor

MASSA DE MANOBRA
O governo teria visto aí a oportunidade de criar uma campanha de higiene à base de flúor. Isso seria um projeto de manipulação mental: no corpo, doses de flúor em … Leia mais
EPIDEMIA DE ZIKA? Um possível ciclo silvestre de Zika no Brasil.
Pesquisadores brasileiros identificaram o vírus zika em carcaças de macacos encontradas em São José do Rio Preto, interior de São Paulo, e em Belo Horizonte, Minas Gerais. Os saguis e macacos-prego haviam sido mortos a tiros e pauladas pela população por receio de que estivessem infectados com o vírus da febre amarela. Os animais, na verdade, estavam infectados com o vírus zika, assim como os mosquitos coletados na região. As análises também mostraram que o vírus dos macacos era o mesmo que causa a doença em seres humanos. Em laboratório, os pesquisadores injetaram as amostras do zika em … Leia mais
A educação ambiental está dando resultados? Esperança para a Mata Atlântica.
A situação da Mata Atlântica, um dos ambientes com maior biodiversidade e também mais ameaçados do mundo, pode estar melhor do que se imaginava até pouco tempo atrás. Dados obtidos por sensoriamento remoto de alta resolução indicam que sua vegetação se espalha por 28% da área que ocupava antes da chegada do colonizador europeu (Perspectives in Ecology and Conservation, 22 de outubro). Segundo essa estimativa, restam aproximadamente 32 milhões de hectares (ha) de Mata Atlântica, o dobro dos cálculos anteriores. O novo levantamento foi conduzido por pesquisadores do Rio de Janeiro, de … Leia mais
Parece mas não é! A semelhança enganosa entre espécies.
O botânico Fábio Pinheiro apresenta duas orquídeas bastante diferentes entre si mantidas no jardim experimental do Instituto de Biologia da Universidade Estadual de Campinas (IB-Unicamp). As duas exibem cachos de flores rosa e são classificadas como Epidendrum secundum, espécie que cresce em uma longa faixa de terra entre a Bahia e o Rio Grande do Sul, na cordilheira dos Andes e no Caribe. Uma delas, coletada no alto de uma serra de Minas Gerais, tem cerca de 20 centímetros de altura e três ramos. A outra, trazida das terras tórridas da Paraíba, tem quase o triplo da altura e o dobro de … Leia mais